Alan Ladd

Ator norte-americano, nascido em 1913 e falecido em 1964, que conheceu o seu auge nos anos 40 e 50, através da sua participação essencialmente em westerns e filmes de gangsters. Desportista por excelência, chegou a ser campeão juvenil de atletismo e de natação, mas uma grave lesão obrigou-o a deixar a alta competição. O seu porte atlético não passaria despercebido aos caçadores de talentos que o chamaram para pequenos papéis em filmes de Série B e figurações em filmes como o lendário Citizen Kane (O Mundo a Seus Pés, 1941). Depois de ter lutado no exército durante a Segunda Grande Guerra, desempenhou a figura do detetive Philip Marlowe em vários filmes de Série B. O seu primeiro papel de protagonista numa grande produção chegou com a adaptação cinematográfica do romance de F. Scott Fitzgerald The Great Gatsby (1949). O seu desempenho mais emblemático chegou pelas mãos do realizador George Stevens, que lhe outorgou o papel de pistoleiro solitário que defende uma família dos ataques de bandidos no mítico western Shane (1953). Explorou novamente o filão dos filme do Velho Oeste com The Badlanders (Homens das Terras Bravas, 1958) e Proud Rebel (Rebelde Orgulhoso, 1958). Contudo, os sucessivos escândalos de imprensa derivados da sua dependência do álcool eclipsaram a sua carreira. Em 1962, depois de David Lean o ter recusado para protagonista de Lawrence of Arabia (Lawrence da Arábia), tentou suicidar-se, disparando contra o peito. Sobreviveu, mas o seu nome já não era sinónimo de estrelato para os produtores. Morreu em 1964, vítima de derrame cerebral.
Como referenciar: Alan Ladd in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-02-26 12:35:41]. Disponível na Internet: