Alberto

Eleito (anti)papa, em 1102, pelos clérigos que tinham já tentado colocar Teodorico no trono pontifical, era cardeal de Silva Candida e foi escolhido e consagrado na igreja romana dos Santos Apóstolos. Todo este processo decorreu em sigilo, até que quando se soube da nova consagração, contra a do papa Pascoal II, se deu um motim em Roma e os mesmos que tinham eleito Alberto entregaram-no ao papa. Este remeteu-o ao mosteiro de São Lourenço in Aversa, onde ficou presumivelmente até ao fim dos seus dias.
Como referenciar: Alberto in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-06-01 00:37:43]. Disponível na Internet: