Alberto Campo Baeza

Arquiteto espanhol, nasceu em 1946, em Valladolid. É diplomado em Arquitetura em 1971, e doutorado, igualmente em Arquitetura, em Madrid, em 1982.
A partir de 1976 exerce com regularidade a atividade docente quer em Espanha, quer a nível internacional. Participa em exposições, conferências e seminários. Desde 1971 recebe inúmeros prémios, quer em concursos de arquitetura, quer por determinadas obras realizadas.
As suas referências passam pela escola madrilena do 3.º quartel do século XX, destacando-se os arquitetos Rafael Aburto e Francisco de Asís Cabrero, Francisco Javier Sáenz de Oíza e Alejandro de la Sota. Internacionalmente, é influenciado por arquitetos como Le Corbusier, Terragni, Louis Kahn e Mies van der Rohe, embora com este último a sua relação seja muito ambígua. Contrapõe à máxima de Mies, menos é mais, a sua própria, mais com menos, distanciando-se assim do menos plasticista e do que menos explora os materiais pela vertente da massa e do volume de entre os modernos, não deixando, no entanto, de ser evidentes referências a este arquiteto. Na procura de um purismo conceptual e formal, a relação da luz com os volumes (que contêm espaços) assume-se quase como uma obsessão; utiliza o despojamento decorativo como ênfase do conteúdo/tectónico (materiais e construção), tendendo a experimentação das matérias cada vez mais para a abstração. Os desenhos de cada projeto revelam claramente a forma e todas as suas potencialidades significantes, mas em particular a abordagem tridimensional do espaço na relação com a luz.
Convém aqui mencionar a sua estreita relação com a cultura mediterrânica e, por exemplo, a arquitetura andaluza, como a Mesquita de Córdova, o Alhambra ou a Catedral de Granada; ou na costa em frente, a arquitetura árabe (em particular a doméstica).
Os seus projetos e obras agregam-se em dois grupos: a habitação, individual ou coletiva; e as instituições, de ensino, de média escala, e as económicas ou culturais (entre outras), de maior escala.
Destacam-se o infantário em Aspe, Alicante; a Escola Pública San Fermín, Madrid; as casas Turégano e García Marcos, respetivamente Pozuelo e Valdemoro, Madrid; conjunto de quatro casas em Argel para a Embaixada espanhola; a Casa Gaspar, Zahora, Cádiz; a Escola Drago, Cádiz; Centro Balear de Innovación Tecnológica, Inca, Maiorca; e a Caja General de Ahorros de Granada.

Como referenciar: Alberto Campo Baeza in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-08-11 02:24:09]. Disponível na Internet: