Aleksandr Blok

Escritor russo, nascido em 1880 e falecido em 1921, foi desde muito cedo influenciado pelo filósofo Soloviov.
Manifestou uma fase simbolista de inegável perfeição formal, da qual Poemas da Bela Dama, dedicada ao eterno feminino, é a obra mais representativa. Rompeu com esta tendência com a peça teatral Barraca de Feira e com os poemas Os Citas e Os Doze, ambos publicados em 1918, apresentando uma visão muito pessoal da revolução.
São, igualmente, da sua autoria o drama simbolista A Rosa e a Cruz, a sua obra mais famosa, cuja temática romântica relembra os primeiros poemas, e o ensaio A Situação Atual do Simbolismo Russo. Blok é considerado como um dos principais poetas simbolistas russos e é tido como o principal responsável pelo início da literatura pós-revolucionária.
Como referenciar: Aleksandr Blok in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-10-21 14:29:08]. Disponível na Internet: