Alessandro Baricco

Escritor italiano, Alessandro Baricco nasceu no ano de 1958, na cidade de Turim, onde cresceu e estudou.
Em 1980 conseguiu a sua licenciatura em Filosofia, em consequência da apresentação de uma tese dedicada à obra do filósofo alemão Theodor Adorno e das suas relações com a chamada Escola de Frankfurt, e que foi publicada no mesmo ano com o título Scrittura, Memoria, Intrepretazione. Note Sulla Teoria Estetica di T. Adorno (1980).
Passou depois a trabalhar como criador intelectual numa agência publicitária, dedicando-se simultaneamente a estudos de crítica musical, que vieram a originar a publicação de ensaios como Il Genio En Fuga (1988), que abordava o tema das óperas de Rossini, e L'Anima Di Hegel e Le Mucche Del Wisconsin (1992), em que fazia uma análise do panorama da música na modernidade. Barricco deu então início a uma carreira jornalística, ao ser nomeado crítico musical do La Repubblica, passando pouco depois a ocupar o posto de editor cultural no proeminente La Stampa.
Estreou-se como romancista em 1991, com a publicação de Castelli di Rabbia, obra que imediatamente se tornou num sucesso de vendas, sendo galardoada com os prémios Campiello e Médecis, e traduzida para quase uma trintena de línguas.
Seguiu-se Oceano Mare (1993), romance que venceu o Prémio Viareggio, e Novecento: Un Monologo (1994), obra que esteve na origem de uma peça de teatro e de um filme realizado por Giuseppe Tornatore, com o título La Legenda del Pianista Sull'Oceano.
Após ter colaborado em emissões radiofónicas, apareceu, em 1993, como apresentador de um programa cultural televisivo, L'Amore È Un Dardo, inteiramente dedicado ao mundo da ópera. No ano seguinte seria a vez de Pickwick, Del Leggere e Dello Scrivere, um programa consagrado à Literatura.
Nesse mesmo ano de 1994 fundou em Turim, em conjunto com um grupo de amigos, uma escola de técnica narrativa, a Scuola Holden, onde passou a lecionar.
No ano de 1995 publicou uma recolha dos seus artigos aparecidos no La Stampa com o título de Barnum: Cronache Dal Grande Show e, em 1998, uma outra compilação, Barnum 2: Altre Cronache Dal Grande Show desta feita dos seus artigos surgidos no La Repubblica.
Em 1999 apareceu com o City, o primeiro romance italiano a ser publicado exclusivamente na Internet e, em 2002, Next: Piccolo Libro Sulla Globalizzazione e Il Mondo Che Verrà, um breve ensaio sobre a globalização e Senza Sangue, uma novela em que abordava os temas da guerra e da vingança.
Como referenciar: Alessandro Baricco in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-11-18 03:57:05]. Disponível na Internet: