Alexandre VIII

Papa italiano, nascido a 22 de abril de 1610, Pedro Ottoboni pertencia a uma nobre família veneziana. Doutorou-se em Direito Canónico e Civil na Universidade de Pádua, ordenou-se, foi referendatário dos tribunais das Signaturas, governador de Terni, de Rieti e de Città di Castello, auditor da Rota em 1643 e cardeal a partir de 1652. Dois anos depois, tornou-se bispo de Brescia e em 1662 secretário do Santo Ofício.
Com a subida ao trono de Alexandre VIII verificou-se de novo a instituição do nepotismo, tendo o pontífice outorgado à sua família alguns dos mais importantes cargos da Igreja.
Foi resolvida nesta altura a contenda entre França e a Santa Sede, apesar de no início do seu papado ( 6 de outubro de 1689) Alexandre VIII prosseguir com a intransigente política de Inocêncio XI. Foi assim que o rei se retirou de Avignon e do Venaissin, que tinha ocupado, e aceitou que a sua embaixada não fosse albergada em Roma, como tinham já aceite todos os outros soberanos. Em troca, o papa acedeu a confirmar canonicamente os bispos que tinham aprovado os quatro artigos contra o papa, em 1682, desde que pedissem perdão, e a nomear cardeal Forbin Janson, bispo de Beauvais e adversário do imperador. O direito de regalia do rei de França (que lhe proporcionava a administração dos bens e cobrança de tributos de certas dioceses, entre outros privilégios) alargado a todas as dioceses e as quatro cláusulas foram inflexivelmente condenados na bula Inter multiplices, de 1690. A constante luta conta o avanço otomano fez com que o papa ajudasse com homens e dinheiro a República de Veneza, tendo a sua cidade natal sido ainda carregada de privilégios.
A biblioteca da falecida rainha Cristina da Suécia enriqueceu a Vaticana, tendo também o bispo de Roma reduzido os impostos e o preço dos víveres.
Foram canonizados por Alexandre VIII São Pascoal Bailão, São João Sahagún, São Lourenço Giustiniani e São João de Capistrano.
Terminou o seu papado a 1 de fevereiro de 1691. Este pontífice foi inumado em São Pedro do Vaticano.
Como referenciar: Alexandre VIII in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-08-12 15:25:20]. Disponível na Internet: