Alfabeto Fonético Internacional

Sistema de transcrição fonética de uso universal, proposto em 1888 pela Association Phonétique Internationale. Possibilita a anotação fonética e fonológica de signos orais produzidos em qualquer idioma.

O IPA é construído com base no alfabeto latino, acrescentado pelos signos diacríticos que definem as propriedades articulatórias dos fonemas.
Contém também signos específicos para anotar largura, acento e tom, a nível da palavra e da oração.

O seu uso é limitado aos objetivos metalinguísticos, como, por exemplo, nos dicionários.
Como referenciar: Alfabeto Fonético Internacional in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2018. [consult. 2018-12-16 00:44:23]. Disponível na Internet: