Álvaro Barreto

Político do Partido Social Democrata, Álvaro Roque de Pinho Bissaia Barreto nasceu a 1 de janeiro de 1936 e licenciou-se em Engenharia Civil no Instituto Superior Técnico de Lisboa.
Iniciou a sua carreira profissional em 1959, como chefe de projetos industriais na empresa Profabril, cargo que ocupou até 1963. Seis anos mais tarde, em 1969, foi nomeado diretor administrativo da Lisnave - Estaleiros Navais de Lisboa. De 1971 a 1974 foi administrador delegado dos Estaleiros Navais de Setúbal (Setenave). No final da década, em 1979, passou a desempenhar funções de presidente do Conselho de Gerência da Transportadora Aérea Portuguesa, TAP. Desde 1978, Álvaro Barreto passou a desempenhar, também, cargos de natureza política. Membro do Partido Popular Democrata foi nomeado em 1978, pelo governo do seu partido, para ministro da Indústria e Tecnologia, iniciando, então, uma longa carreira governativa.
Em 1980, foi ministro da Indústria e Energia do VI Governo constitucional e, em 1981, na VII legislatura, ministro da Integração Europeia. Nesse mesmo ano foi ainda eleito deputado à Assembleia da República, posto para que foi reeleito nas eleições de 1983. Nesta altura voltou também ao governo como ministro do Comércio e Turismo. A sua pasta governativa mudou em 1984, no IX Governo constitucional, passando a ocupar o cargo de ministro da Agricultura.
Na legislatura seguinte, em 1985, manteve-se como titular de um ministério então já mais alargado, Agricultura, Pescas e Alimentação, pasta que voltou a empossar dois anos mais tarde, e até 1990, com Cavaco Silva como primeiro-ministro. Em 1991 e 1994 foi eleito deputado à Assembleia da República, onde integrou várias comissões parlamentares. A 17 de julho de 2004 foi escolhido para assumir o cargo de ministro de Estado, da Economia e do Trabalho no XVI Governo, chefiado por Santana Lopes.
Como referenciar: Álvaro Barreto in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-11-11 19:45:07]. Disponível na Internet: