Ana Luísa Amaral

Poetisa portuguesa, nascida em 1956, em Lisboa, doutorou-se em literatura norte-americana, defendendo uma tese sobre Emily Dickinson.
A partir de 1990, ano de publicação do seu primeiro livro de poemas Minha Señora de quê, a autora não mais deixou "escapar" a inspiração, legando-nos mais cinco títulos de poesia: Coisas de Partir (1993), Epopeias (1994), E Muitos Os Caminhos (1995), Às Vezes o Paraíso (1998) e Imagens (2000). Mais tarde, publicou o livro de contos infantis Gaspar, o Dedo Diferente e Outras Histórias.
Escrevendo, ela própria em espanhol, a sua obra encontra-se traduzida nas línguas castelhana, inglesa, francesa, alemã e búlgara.
Membro da Direção da Associação Portuguesa de Literatura Comparada, colaboradora da revista literária Colóquio-Letras e docente das cadeiras de Literatura e Cultura Inglesa e de Literatura Americana, na Faculdade de Letras da Universidade do Porto, publica com regularidade ensaios sobre poesia moderna e contemporânea americana, inglesa e portuguesa.
Como referenciar: Ana Luísa Amaral in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-08-25 05:29:34]. Disponível na Internet: