Anderlecht

O clube belga Royal Sporting Club Anderlecht foi fundado a 27 de maio de 1908 por quinze homens reunidos no Café Concórdia, em Bruxelas. Na altura foi adotado o nome de Sporting Club Anderlechtois, designação que teve origem num popular bairro de Bruxelas. O primeiro presidente foi Charles Roos, cuja primeira ação foi organizar uma quotização para comprar uma bola de futebol. Desde logo, o clube adotou as cores púrpura e branca nas camisolas que ainda hoje ostenta.
O Anderlechtois começou por jogar nas divisões regionais belgas e em 1921 ascendeu à Divisão de Honra, atual Primeira Divisão.
Em 1933, depois de ter passado os anos anteriores entre a primeira e a segunda divisão belga, o clube adotou a denominação atual, Royal Sporting Club Anderlecht. Na altura, a sua equipa era conhecida por praticar um futebol ofensivo, mas sem grandes resultados práticos pois não conseguia conquistar títulos.
O primeiro título nacional só surgiu na temporada 1946/47.
Na década de 50, o clube passou de uma situação de amadorismo para outra de semiprofissionalismo, tendo sido contratados grandes jogadores, onde se destacou Paul Van Himst. Foi uma iniciativa do presidente Albert Roosens, eleito em 1951, que passou também a fomentar a criação de centros de formação de jogadores. Sob a liderança de Roosens, até 1971 o clube conquistou doze títulos belgas.
Em 1971 assumiu a presidência Constant Vanden Stock que transformou o Anderlecht num grande clube europeu através de uma gestão moderna. Contratou grandes jogadores e para além de diversos títulos internos, o Anderlecht também conquistou a glória na Europa. Em 1975/1976 venceu a Taça dos Vencedores das Taças, importante competição europeia de clubes, repetindo o feito em 1977/78, misturando na equipa jogadores belgas, holandeses e dinamarqueses. Nessas mesmas temporadas venceram a Supertaça europeia. Resenbrink, Haan, Vercauteren, Lozano, Munaron e, principalmente, Enzo Scifo pertenceram à elite das grandes estrelas das décadas de 70 e 80.
Em 1982/83 o clube conquistou outra competição europeia, a Taça UEFA, batendo na final o Benfica por 1-0 e 1-1. O clube era então treinado por Van Himst, antiga glória do Anderlecht e eleito o futebolista do século pelos belgas.
O Anderlecht entretanto afastou-se dos grandes títulos europeus, mas continuou a ser a equipa dominadora do campeonato belga, tendo ganho em 1984/85, 85/86, 86/87, 90/91, 92/93, 93/94, 94/95, 1999/2000 e 2000/2001, 2003/2004 e 2005/2006.
Como referenciar: Porto Editora – Anderlecht na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-10-18 13:20:39]. Disponível em