Artigos de apoio

André de Gouveia
Humanista e pedagogo, André de Gouveia nasceu em Beja, em 1497, e faleceu em 1548, tendo-se naturalizado francês, pois passou grande parte da sua vida em França.
Em 1529 ingressou no Colégio de Santa Bárbara em Paris, que era dirigido pelo seu tio Diogo de Gouveia, tendo sido um dos primeiros portugueses a estudarem neste colégio. Depois de ter frequentado seis anos de maitrise dès arts, fez o doutoramento em Teologia e, simultaneamente, começou a lecionar no colégio.
De 1529 a 1534, foi-lhe confiada a direção do Colégio de Santa Bárbara, devido às múltiplas viagens que o seu tio fazia. Foi depois nomeado reitor da prestigiada Universidade de Paris, em 1533. Um ano após a sua nomeação para o cargo de reitor abandonou o Colégio de Santa Bárbara e assumiu o principalato do Colégio de Guyenne. Em 1537 foi eleito "doutor regente de toda a Universidade para ler sempre publicamente a Sagrada Escritura em nome da dita Universidade". A sua estadia no Colégio de Guyenne prolongou-se até 1547.
Regressou a Portugal a convite de D. João III, acompanhado de um grupo de mestres estrangeiros, para dirigir o Colégio das Artes, em Coimbra. No entanto, permaneceria pouco tempo no cargo de reitor do colégio: faleceu em fevereiro de 1548.
Manteve vários contactos com intelectuais e com os negócios portugueses quando estava em França. Foi suspeito de Luteranismo.
Escreveu várias obras de pedagogia e de teologia como: Schola Aquitanica (Regulamento do Colégio Guyenne, impresso em 1583) e De Quinque Universalibus (uma pequena súmula de versos latinos).
Como referenciar: André de Gouveia in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2017. [consult. 2017-09-22 14:31:23]. Disponível na Internet: