Anthony Mann

Realizador norte-americano, de nome verdadeiro Emil Anton Bundesman, nascido a 30 de junho de 1906 em San Diego, Califórnia. Começou a carreira como ator em peças de teatro em Nova Iorque. Em 1938, mudou-se para Hollywood onde se juntou à companhia de produção de David O. Selznick e, em 1942, tornou-se assistente de realização na RKO e na Republic Films, onde realizou filmes de baixo orçamento, tendo a sua estreia sido com Dr. Broadway (1942). Fez depois os musicais Moonlight in Havana (1942) e Nobody's Darling (1943), entre outros. Realizou depois alguns filmes negros, como Desperate (1947), Railroaded! (1947), T-Men (Moeda Falsa, 1947) e Raw Deal (1948).
Contudo, a sua imagem de marca ficou associada ao western, especialmente a uma série de filmes protagonizados por James Stewart: Winchester '73 (1950); Bend of the River (1952), baseado no livro de William Gulick; The Naked Spur (Esporas de Aço, 1953); The Far Country (Terra Distante, 1954) e The Man From Laramie (O Homem que Veio de Longe, 1955). Outros westerns famosos de Mann incluem The Last Frontier (1955), The Tin Star (Sangue no Deserto), com Henry Fonda e Anthony Perkins nos principais papéis, e Man of the West (1958), baseado no livro de Will C. Brown e protagonizado por Gary Cooper. James Stewart colaborou com Mann noutros filmes de outros géneros, como o filme de aventuras Thunder Bay (A Baía das Tormentas, 1953) ou o drama musical The Glenn Miller Show, onde interpretava o papel de Glenn Miller.
Em 1960, Mann realizou Cimarron, adaptado do livro de Edna Ferber, um western com Glenn Ford no papel de Cimarron. No ano seguinte, realizou um dos seus filmes mais conhecidos, El Cid, um épico sobre o lendário herói espanhol Rodrigo Diaz, conhecido pelos seus seguidores como El Cid, papel que coube a Charlton Heston, contracenando com a bela Sophia Loren. Por este trabalho, Mann foi nomeado para o Globo de Ouro de Melhor Realizador e o filme para o de Melhor Filme. Em 1964, fez mais um épico, The Fall of Roman Empire (A Queda do Império Romano), um colosso em termos de paisagens e arquitetura, com um elenco de luxo: Sophia Loren, Alec Guiness, James Mason, Omar Sharif, Christopher Plummer e Mel Ferrer.
A 29 de abril de 1967, faleceu vítima de um ataque cardíaco em Berlim, enquanto filmava o thriller de espionagem Dandy in Aspic, completado em 1968 pelo ator-protagonista Laurence Harvey.
Como referenciar: Anthony Mann in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-08 11:15:10]. Disponível na Internet: