Antologia Portuguesa

Obra de Teófilo Braga, publicada em 1876, subintitulada Trechos seletos coordenados sob a classificação dos géneros literários e precedidos de uma poética histórica portuguesa, concebida como complemento ao Manual de História da Literatura Portuguesa. Na "Poética histórica portuguesa", que precede a antologia propriamente dita, para além de considerações sobre metrificação e taxonomia poética, Teófilo sustenta uma vez mais que "na poesia portuguesa, não havendo um forte elemento tradicional para ser elaborado segundo as necessidades do sentimento nacional, prevaleceu a imitação desde a idade média até hoje". Em seguida, acompanha as sucessivas correntes poéticas das escolas provençal, espanhola, quinhentista, seiscentista, arcádica e romântica. Na antologia, não surgem representados autores românticos, os quais irão figurar no Parnaso Português Moderno, publicado no ano seguinte.
Como referenciar: Antologia Portuguesa in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-09 16:17:47]. Disponível na Internet: