Antonino Pio

Imperador romano de 138 a 161, de nome completo Titus Aurelius Fulvus Boionius Antoninus, nascido em Lanúvio em 86 e falecido em 161, provinha do seio da burguesia tradicional do Lácio.
Após a sua nomeação como cônsul, é enviado pelo imperador Adriano para a zona asiática com a sua autoridade reforçada com o título de procônsul. Aqui granjeou o respeito e a estima de muitos dos seus compatriotas. Das obras que empreendeu durante a sua vigência, destaca-se a muralha defensiva que edificou na Escócia em 143, entre o firth de Forth e o de Clyde e que permitiu a defesa do território aquando dos avanços das tribos nórdicas.
Adriano adota-o como seu protegido em 138, subindo ao trono imperial no mesmo ano. Marca, conjuntamente com os seus antecessores Trajano e Adriano e com o seu sucessor Marco Aurélio, a chamada Idade de Ouro do Império Romano, dando inclusive o seu nome como qualificativo dinástico ao grupo de sete imperadores romanos que governam entre 96 e 192.
Como referenciar: Antonino Pio in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-10-26 18:47:14]. Disponível na Internet: