António Fagundes

Ator brasileiro, de seu nome completo António José da Silva Fagundes Filho, nasceu a 18 de abril de 1949, no Rio de Janeiro. Aos 6 anos, mudou-se com a família para São Paulo. Apaixonado pelo teatro, cedo participou em peças infantis nos colégios. Influenciado pelo ator Gianfrancesco Guarnieri, entrou em 1966 para os quadros do prestigiado Teatro de Arena. Em 1970, escandalizou a sociedade paulistana ao atuar nu, ao lado de Sónia Braga, na peça Hair. Contratado pela Rede Globo, tem aparições fugazes em algumas telenovelas, como Mulheres de Areia (1973) e Saramandaia (1976), ao mesmo tempo que protagonizava algumas "pornochanchadas", um género de cinema popular que misturava comédia com erotismo. Com a telenovela Dancin' Days (1978), de Gilberto Braga, conquistou o estatuto de galã. Voltou ao cinema, optando por uma postura mais séria em filmes que conquistaram algum reconhecimento internacional: Gaijin, os Caminhos da Liberdade (1980), Das Tripas Coração (1982) e A Dama do Cine Shangai (1987). Apresentou também alguns programas televisivos como É Proibido Colar (1981). Mas o que tornou Fagundes um ator popular foi a telenovela: em finais dos anos 80, tornou-se num dos atores mais bem pagos da Globo, com o êxito da sua personagem Ivan Meireles na telenovela Vale Tudo (1988), que atingiu níveis de 90% de audiência, sucesso devido à acérrima crítica à degradação e corrupção da moral e costumes brasileiros. Com A Rainha da Sucata (1990), de Sílvio de Abreu, conquistou os mais diversos elogios pela comicidade que emprestou à sua personagem de Caio Szymanski, um professor gago que se envolvia em rocambolescas aventuras amorosas com a sua assistente Nicinha (Marisa Orth). Depois do semi fracasso da novela O Dono do Mundo (1991), em que vestia a pele de um empresário sem escrúpulos, apostou no teatro, tendo sido o primeiro ator a levar a cena no Brasil uma peça de Dario Fo: Morte Acidental Dum Anarquista. Depois de alguns êxitos televisivos como Renascer (1993) e A Viagem (1994), Fagundes assinou uma inesquecível interpretação em O Rei do Gado (1996), de Benedito Ruy Barbosa, com quem voltaria a colaborar em Terra Nostra (1999). Falhada a aposta numa carreira internacional com o filme Bossa Nova (1999), onde fez par romântico com Amy Irving, voltou a protagonizar nova telenovela para a Globo, desta vez Porto dos Milagres (2001) como Félix Guerreiro. Colaborou novamente com Benedito Rey Barbosa na telenovela Esperança (2002).
Como referenciar: António Fagundes in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-11-18 06:08:45]. Disponível na Internet: