Aragão

Comunidade Autónoma da Espanha Oriental, Aragão (Aragón, em espanhol) tem a sua capital na cidade de Saragoça (Zaragoza, em espanhol). É constituída pelas seguintes províncias: Huesca, Teruel e Saragoça. Faz fronteira com as seguintes Comunidades Autónomas: Catalunha a este, Valência a sudeste e sul, Castilha-La Mancha a sudoeste, Castela e Leão, Rioja e Navarra a oeste; a norte faz fronteira com a França.
Tem uma superfície de 47 719 km2. A sua população absoluta é de 1 217 514 habitantes, o que equivale a 2,9% da população total de Espanha, tendo uma densidade populacional de 25,51 habitantes por km2 (dados do Instituto Nacional de Estatística espanhol, 2006).
Aragão localiza-se num vale da bacia do rio Ebro. A norte, inclui alguns dos picos mais altos dos Pirenéus e o Parque Nacional de Ordesa. Nos vales e montes há aldeias e vilas com antigos castelos, igrejas e mosteiros.
Predomina o clima mediterrânico de feição continental com invernos frios e verões muito quentes.
As suas principais cidades, além da capital, são Teruel, Huesca e Calatayud.
Aragão foi um poderoso reino medieval ligado à vizinha Catalunha até ao casamento do rei Fernando II com Isabel de Castela e Leão em 1469 o que conduziu à unificação de Espanha.
Depois da Reconquista, os operários e arquitetos continuaram a trabalhar no estilo mudéjar, trabalho que pode ser visto em igrejas espalhadas por toda a comunidade de Aragão especialmente nas cidades de Teruel e de Saragoça.
Outros locais atraentes são o Castillo de Loarre e o Monasterio de San Juan de la Peña, bem como o Monasterio de Piedra, mosteiro cisterciense fundado por Afonso II de Aragão em 1195 e localizado num parque com o mesmo nome onde existem importantes quedas de água.
Como referenciar: Aragão in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-11-26 02:06:08]. Disponível na Internet: