arco vulcânico

As erupções vulcânicas de lavas félsicas e intermédias estão, na sua maioria, concentradas sobre as zonas de subducção ativas. Arcos vulcânicos, isto é, grupos de cones ou ilhas vulcânicas, dispostas numa linha curva na superfície da Terra, de grandes cones andesíticos, muitos deles ainda ativos, que ocupam uma posição por cima das zonas de subducção.
As zonas de subducção que limitam a placa do Pacífico formam um grande "círculo de fogo" que bordeja o oceano Pacífico. Na América do Norte e na América do Sul, a litosfera oceânica das placas de Nazca e dos Cocos tem subducção debaixo da porção litosférica continental da placa americana. Arcos de vulcões andesíticos indicam a existência destas zonas de subducção nas ilhas Aleutas, América Central e cordilheira dos Andes. Outros arcos de vulcões andesíticos ocorrem no bordo ocidental da placa do Pacífico e constituem vários arcos insulares que se estendem até ao sul do arquipélago do Japão, desde as Filipinas até ao Pacifico sub-ocidental. Outro arco vulcânico semelhante forma a meia-lua da Indonésia, compreendidas as ilhas de Java e Samatra. Aqui a placa indo-australiana tem a sua subducção sob a margem da placa euroasiática.
Nas erupções vulcânicas do "círculo de fogo" também há lavas riolíticas, mas em volumes menores que os das lavas andesíticas. A profundidade a que começa este processo calcula-se em 120 quilómetros, mas a fusão estende-se até profundidades de 200 quilómetros ou mais na parte superior da placa.
Como referenciar: arco vulcânico in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-10-24 01:18:55]. Disponível na Internet: