Armando Vieira Pinto

Jornalista e autor dramático, nascido em 1906, em Viana do Castelo, e falecido em 1964, em Lisboa.
A sua carreira como dramaturgo situa-se fundamentalmente nos anos trinta e quarenta, tendo parte das suas peças (Os Três Desejos, Brasil, Alvorada, Ambição, Portugal) sido escritas para o Teatro do Povo fundado por António Ferro, sob a alçada do Secretariado da Propaganda Nacional, e cuja atividade se ressentiu de evidentes limitações ideológicas e éticas. Excetuando Vida Fácil, de 1943, considerada por Luiz Francisco Rebello a sua melhor peça, a dramaturgia de Armando Vieira Pinto, mau grado a sua perfeita intuição da movimentação teatral, é frequentemente tentada por entrechos de cariz melodramático. Grande parte da sua obra permanece inédita.
Como referenciar: Porto Editora – Armando Vieira Pinto na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-09-26 08:03:20]. Disponível em