Assur

Também denominado Anshar (na mitologia babilónica) e Ashur, era o deus nacional da Assíria, dando o seu nome à mesma cidade. O seu nome tem o significado de o benevolente, sendo contudo um deus guerreiro, casado com Ishtar.
Na cidade de Assur tinha-se erigido o santuário deste deus, chamado Esharra ou Casa de omnipotência.
Quando a Babilónia cedeu o lugar em importância a Nínive, cidade assíria, este deus tornou-se consequentemente o mais importante e o criador do Universo e de todos os outros deuses, como se tinha vindo a observar ao longo dos tempos nas sucessivas supremacias políticas de diferentes cidades, que elevavam consigo as divindades veneradas no local.
As suas representações são vulgarmente a de deus da fertilidade - figurando rodeado de ramos e com uma cabra - e a de um círculo com asas. Pode aparecer a voar o montado num touro dotado de asas.
Como referenciar: Assur in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-11-14 08:37:35]. Disponível na Internet: