Astrud Gilberto

Cantora e compositora brasileira, Astrud Evangelina Weinert nasceu a 3 de março de 1940, na Bahia, no Brasil. Filha de um alemão e de uma brasileira, o seu crescimento deu-se no Rio de Janeiro, a partir dos sete anos. O casamento com João Gilberto, unanimemente considerado um dos pais da bossa nova, com quem emigrou para os Estados Unidos da América em 1963, haveria de ser a porta para um percurso musical que lhe rendeu o epíteto de "Garota de Ipanema". Foi, de resto, a gravação dessa canção de Tom Jobim, em 1964, registada no disco Getz/Gilberto (gravação conjunta do seu marido com o saxofonista Stan Getz), premiado com um Grammy, que a apresentou ao mundo. Não estranhou portanto que, no seguimento do mediático aparecimento, surgissem convites para uma carreira a solo. The Astrud Gilberto Album (1964) lançava Astrud Gilberto para um percurso cheio de sucessos que, por extensão mediática, a levariam a duas aparições na Sétima Arte, nos filmes The Hanged Man (1974) e Get Yourself a College Girl (1964), a emprestar a voz à banda sonora de The Deadly Affair (Chamada para o Morto, 1966) e a aparições nos mais populares programas de televisão dos Estados Unidos da América. Além disso, a cantora gravou uma série de anúncios comerciais para a companhia aérea Eastern Airlines.

Depois de um início dominado pelos clássicos jazz e pela bossa nova, é na década de 70 que Astrud Gilberto abre espaço para as suas próprias composições. Canções creditadas em seu nome surgiram pela primeira vez no disco Astrud Gilberto Now (1972) e tornar-se-iam presença assídua nas gravações seguintes. Particularmente significativo para a cantora foi o dueto com Chet Baker, confessadamente um dos seus ídolos, no original "Far Away", guardado no álbum That Girl From Ipanema, de 1977. No início dos anos 80, Astrud Gilberto formou um sexteto jazz, integrando o seu filho Marcelo Gilberto, como baixista. Nesse formato, cumpriram uma digressão pela Europa, Japão, Canadá e Estados Unidos da América. Nesta fase, e muito por força das aptidões musicais do filho, as composições de Astrud Gilberto adquirem novas dimensões e maior diversidade tonal. A essa importante renovação também corresponde uma das fases de maior fulgor da cantora/compositora, com sucessivas lotações esgotadas e recordes de assistência em diversas salas e anfiteatros de renome, um pouco por todo o mundo. O chamamento público para um número crescente de espetáculos levaram-na a frequentar, por pouco tempo, a Stella Adler School of Acting, na tentativa de controlar minimamente a timidez.

A segunda metade da década de 80 marcaria um segundo assomo na carreira de Astrud Gilberto, consolidando o seu estatuto de compositora. A gravação conjunta com a James Last Orchestra, editada em 1987, incluía os originais "Champagne & Caviar", "Amor e Som" e "I'm Nothing Without You". A par desta edição, seriam reeditadas algumas das suas gravações mais antigas, o que viria a aproximar Astrud Gilberto de outros públicos. A sua contribuição para o jazz latino seria reconhecida com o Latin Jazz USA Award for Lifetime Achievement, galardão atribuído em 1992. Em 1995, Astrud Gilberto esgotaria o House of Blues de Los Angeles, tornando-se a primeira artista jazz a tocar na mítica casa americana, normalmente dedicada aos blues e ao rock. Também nesse ano, o popular clube londrino Jazz Café esgotaria para ver e ouvir Astrud Gilberto. No ano seguinte, Astrud gravaria "Desafinado" com George Michael, para a coletânea Red Hot & Rio. Esse registo aproximá-la-ia das esferas pop mundiais. Ainda em 1996, gravaria "Les Bordes des Seines", em dueto com o francês Etiénne Daho.
Depois de algum tempo de intensa atividade em palco, Astrud Gilberto anuncia, em 2001, a sua intenção de se retirar por tempo indeterminado, para poder dedicar mais tempo à família e às suas recentes ocupações de tempos livres, a escrita e a pintura. Em abril de 2002, o seu nome seria registado no International Latin Music Hall of Fame.

Discografia
1964, Stan Getz and Astrud Gilberto - Getz Au-Go-Go
1964, The Astrud Gilberto Album
1965, The Shadow of Your Smile
1965, Look to the Rainbow
1966, Beach Samba
1967, A Certain Smile, A Certain Sadness with Walter Wanderley
1968, Windy
1969, September 17, 1969
1969, Gilberto Golden Japanese Album
1970, I Haven't Got Anything Better to Do
1971, Astrud Gilberto with Stanley Turrentine
1972, Astrud Gilberto Now
1977, That Girl from Ipanema
1987, Astrud Gilberto Plus James Last Orchestra
1996, Live in New York
1997, Temperance
2002, Jungle

Como referenciar: Astrud Gilberto in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-04-09 17:18:44]. Disponível na Internet: