Audi

A marca de automóveis alemã Audi foi criada em 1910 por August Horch, que já fabricava carros desde 1899. Audi é a tradução em latim para a palavra Horch.
Os quatro anéis que formam o símbolo da marca surgiram em 1932, ano em que à Audi se associaram as marcas Horch, DKW e Wanderer para formar a Auto Union, empresa que deu o nome aos carros até 1965. A era moderna da Audi começou nesse ano, com o lançamento do modelo DKW F102, ao mesmo tempo que a Auto Union era comprada pelo grupo Volkswagen (VW).
Em 1968, com o lançamento do Audi 60, um carro de tração dianteira, surgiu o primeiro veículo que usava apenas o nome da marca. Este modelo deu origem a diversos outros, que mudavam de designação consoante a potência do motor. Quando a Volkswagen comprou a Auto Union tinha por objetivo principal utilizar a fábrica de Ingolstadt, junto a Munique, para produzir mais exemplares do popular "carocha". No entanto, na Audi a ideia era outra e os engenheiros da marca desenvolveram em segredo o Audi 100, um novo e volumoso carro. Este modelo acabou por agradar aos responsáveis da VW que autorizaram a sua produção a partir de 1969. A versão desportiva Coupé S, lançada nesse mesmo ano, tornou-se um carro de culto
Em 1969 voltou a haver uma mudança na estrutura da marca que passou a designar-se Audi NSU Auto Union AG, embora continuasse na posse da Volkswagen. A Audi, contudo, continuou a ter autonomia para criar os seus próprios modelos, embora a VW aproveitasse os novos conceitos para aplicar nos seus carros.
Em 1972 a Audi concebeu o Audi 80, um carro de tamanho médio, destinado a substituir a série 60-90. O Audi 80 foi o primeiro da marca a ter um modelo semelhante na Volkswagen, com a mesma base, no caso o Passat. O Audi 80 foi eleito o carro do ano em 1972.
Em 1974 a marca alemã tentou criar um automóvel pequeno e apresentou o modelo 50, mas este teve pouco sucesso e deixou de ser fabricado após quatro anos de comercialização.
Mais bem sucedida foi a introdução em 1980 do Audi Quattro, carro de ralis de tração integral, que somou diversas vitórias no campeonato mundial. Com este carro a Audi ganhou o Mundial de Ralis em 1982 e 1984 e o Mundial de Pilotos em 1983.
Ainda em 1983, saiu para comercialização o famoso Audi 80 Quattro, dotado de um sistema de tração às quatro rodas que fez história na época, depois de ser testado nos carros de ralis. A partir de 1985 todos os modelos da Audi passaram a ter versões Quattro.
Nesse mesmo ano, a empresa mudou de nome, desta vez para Audi AG, numa altura em que a marca era já sinónimo de carros seguros e com tecnologia avançada.
A Audi tornou-se cada vez mais autónoma da VW e na década de 90 substituiu todos os modelos existentes por outros com a designação A, nomeadamente o pequeno A3, o médio A4, o grande A6 e o luxuoso A8. Mais tarde surgiu o compacto A2 e o desportivo TT, eleito carro do ano em Portugal em 1999.
Como referenciar: Audi in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-01-26 22:03:10]. Disponível na Internet: