Auguste Rodin

Artista francês, Rodin nasceu a 12 de dezembro de 1840, em Paris, e faleceu em 1917. Dotado de um talento natural para a perceção das formas, nunca foi contudo admitido na Escola de Belas-Artes. A cabeça em argila Homem com o Nariz Partido foi rejeitada pelo Salão de 1864. Tornou-se aluno e assistente de Carrier-Belleuse, executando algumas das encomendas que este recebia. A descoberta da obra de Michelangelo Buonarroti, numa viagem a Itália em 1874, libertou o seu estilo e fez-lhe integrar a importância do modelado. A controvérsia gerada no Salão de 1877 pela Idade do Bronze acabou por lhe granjear a proteção oficial. Recebeu assim várias encomendas, entre elas o projeto de As Portas do Inferno, o monumento Os Burgueses de Calais e a estátua de Honoré de Balzac. A sua reputação continuou a aumentar, expondo no Salão de Paris, na Exposição de Bruxelas e na Exposição Universal de 1900. Rodin quebrava as superfícies para dar novos efeitos de luz, deixava partes por acabar, exprimindo a ideia de a estátua brotar da pedra. A paixão por Camille Claudel, sua colaboradora e irmã do escritor Paul Claudel, inspirou-lhe as várias versões de O Beijo e outras obras de temática erótica. A última fase de Rodin liga-se ao movimento simbolista e inclui uma série de mãos e de figuras femininas alegóricas.
Como referenciar: Auguste Rodin in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-02-21 11:33:34]. Disponível na Internet: