bactéria

Organismo unicelular procariótico, evidenciando a sua atividade em importantes reações químicas e na produção de doenças. Admite-se que as bactérias sejam os seres vivos mais antigos que ainda se encontram representados. Os fósseis de bactérias mais antigos são datados de 35 milhares de milhões de anos.
Pensa-se que as bactérias reinaram isoladamente na Terra primitiva durante mais de 2 milhares de milhões de anos, adaptando-se aos novos meios e às mudanças que então se verificaram. Encontram-se nos mais diversos habitats do planeta, incluindo o interior de outros organismos.
A longa história evolutiva das bactérias mostra uma extraordinária diversidade de processos metabólicos. Alguns anaeróbios facultativos podem utilizar só o metabolismo anaeróbio, mas a presença de oxigénio não os prejudica. Outros são anaeróbios facultativos alternando, conforme as condições do meio, a fermentação com a respiração celular. Outros, ainda, utilizam só a fermentação pois são envenenados pelo oxigénio. Estes são chamados anaeróbios obrigatórios. No outro extremo estão algumas espécies de bactérias que são aeróbios obrigatórios, não sobrevivendo a períodos mais ou menos longos sem oxigénio.
A diversidade de processos metabólicos e de estrutura das bactérias torna difícil a sua classificação de acordo com a linha evolutiva.
Recentemente, comparando a sequência de aminoácidos e a sequência de bases no DNA e RNA, foi possível estabelecer a sua divisão em dois subgrupos: arqueobactérias e eubactérias.
As Arqueobactérias devem ter sido os primeiros procarióticos. A sua parede celular e as membranas citoplasmáticas não têm a mesma composição e estrutura que as das eubactérias. Há biólogos que entendem que os dois subgrupos devem constituir dois Reinos. Muitas arqueobactérias são capazes de viver em condições ambientais extremas, que podem representar as condições ambientais da Terra primitiva. É o caso das que vivem em pântanos, produzindo metano, ou em salinas.
As Eubactérias podem ser gram-positivas ou gram-negativas conforme reagem ao corante, de Gram. Pela aplicação deste corante as gram-positivas apresentam cor púrpura e as gram-negativas cor vermelha. A diferença depende da constituição da parede celular. As gram-positivas têm a parede celular constituída por uma fina camada e as gram-negativas por várias camadas muito finas.
Como referenciar: bactéria in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2021. [consult. 2021-05-09 01:55:36]. Disponível na Internet: