Bamako


Aspetos Geográficos
Capital do Mali, Bamako é a maior cidade do país, localizando-se nas margens do rio Níger, a sudoeste. Situada a cerca de 1000 km de Dacar e de Abidjan, e a 400 km da fronteira com a Guiné, Bamako transformou-se numa espécie de cruzamento da África Ocidental, nomeadamente pela composição étnica variada da sua população. O crescimento demográfico tem sido muito intenso, tendo atingido já 1 690 000 habitantes (2006).

História e Monumentos O local onde se encontra a cidade foi ocupado desde a Pré-História. Contudo, a cidade foi fundada no século XVI pelos Niakate. Em fins do século XIX, Bamako era uma aldeia fortificada de 600 habitantes, mas em 1883 os franceses, liderados por Borguis-Desbordes, ocuparam a mesma. Em 1899, tornou-se capital do Alto Senegal-Níger, e em 1920 do Sudão francês. Entre 1903 e 1907 foi construído o Palácio de Koulouba, que passou a ser a residência do Presidente da República a partir da independência do país, em 1960, data em que se tornou oficialmente capital do país. Em 1918, a cidade tornou-se um município misto. Em 1927, foi construída a catedral, e em 1931 a Casa dos Artesãos. Em 1947 foi construída a primeira ponte sobre o rio Níger, e no ano seguinte foi construída a grande mesquita da cidade.

Aspetos Turísticos e Curiosidades
O palácio que serve de residência ao presidente localiza-se numa "colina do poder", como é conhecida na cidade. No âmbito cultural, destaca-se o Museu Nacional do Mali, que propõe sempre diversas exposições que refletem a vida passada ou presente do país. Próximos deste situam-se também um jardim botânico e um parque zoológico. Merece também destaque o mercado rosa, construído no tempo da colonização, que é um dos pulmões económicos da cidade. Bamako alarga-se pelas duas margens do Níger, que é atravessado por duas pontes: a ponte dos Mártires (em memória dos manifestantes mortos em 1991 pelo regime de Moussa Traoré) e a ponte do Rei Fahd, da Arábia Saudita.


Economia
A cidade possui um porto fluvial e funciona como um importante centro de comércio regional. As suas indústrias, claramente dominantes no todo nacional, são essencialmente os têxteis, a carne e os produtos metálicos. O setor terciário, porém, é o mais desenvolvido, com destaque para o artesanato e o comércio. O aeroporto internacional de Senou situa-se a 15 km do centro da cidade, servindo também algumas cidades daquela região africana situadas fora do país.
Como referenciar: Bamako in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-10-24 01:36:49]. Disponível na Internet: