Batalha de Azincourt

Batalha inscrita na guerra dos Cem Anos travada a 25 de outubro de 1415, entre o exército inglês de Henrique V e as forças francesas de Carlos d'Albret, após um momento pouco feliz para o debilitado exército inglês, que se dirigia para Calais, preparando-se para regressar a Inglaterra.
Esta batalha opôs, nos dois bosques de Azincourt e Tramecourt, perto de Saint-Pol (Artois), o exército feudal francês, que tentou derrubar em Calais o rei inglês Henrique V e as forças inglesas. Tal como Crecy e Poitiers, a Batalha de Azincourt significou um novo desastre para o aventureiro exército francês, desprovido de uma tática eficaz.
A desproporção numérica, ao que parece 25 000 franceses contra 6000 ingleses, fez sobressair a vitória inglesa e mostrou a superioridade do seu sistema militar tanto nas vozes de comando como no armamento.
A nobreza francesa que intercetara o exército britânico era composta de um contingente de cavalaria armada e infantaria, o que se tornou uma enorme desvantagem uma vez que antes da batalha ocorreram chuvas torrenciais. Os franceses tiveram de se bater com o excesso de peso das suas armas, o terreno barrento e estreito e com uma evidente falta de tática dos seus superiores que viam a batalha como um grande torneio.
A tática inglesa era elementar mas racional; uma rodada dos archeiros era suficiente para ditar um resultado favorável aos ingleses. A cavalaria francesa era um alvo fácil para os archeiros ingleses, os célebres longbowmen, e os soldados que combatiam a pé também acabaram por ser esmagados.
D'Albret, inúmeros duques e condes franceses, cerca de 500 membros da aristocracia francesa, foram mortos em combate, juntamente com 5000 soldados. As perdas inglesas foram comparativamente menores, perfazendo um total de 200 homens, incluindo o duque de York e o conde de Suffolk.
Henrique V voltou a Inglaterra após o termino do conflito, ocorrido no dia de S. Crispim, garantindo a dominação inglesa de uma grande parte da França e com a satisfação de ter humilhado a estratégia militar feudal utilizada pelos franceses.
Esta batalha é comemorada no discurso Crispin Crispian da peça shakespeariana Henrique V.
Como referenciar: Porto Editora – Batalha de Azincourt na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-12-08 19:13:52]. Disponível em