Batalha de Calais - 1347

Episódio da Guerra dos Cem Anos. Vencedor em Crécy, Eduardo III de Inglaterra procurou apoderar-se da cidade de Calais, importante centro marítimo francês e ponto estratégico, vital para futuras operações; a povoação, no entanto, defendida por João de Viena, revelou-se difícil de conquistar; não podendo tomar o lugar de assalto, o invasor cercou a cidade, cortando as suas vias de comunicação com o exterior.
Este cerco durou dez meses, e quando Filipe VI, rei de França, chegou, tentou uma manobra desesperada: forçar as linhas inglesas. Para isso, ordenou a retirada. João de Viena, depois de 11 meses de cerco, foi obrigado a capitular em 1347. Uma lenda imortalizou a devoção de Eustácio de Saint-Pierre e do povo de Calais.
A ocupação deste território coroou a vitória dos ingleses.
A cidade, que permaneceu inglesa até 1558, tornou-se uma base naval britânica, uma colónia e um entreposto de exportação inglês.
Como referenciar: Batalha de Calais - 1347 in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-11-21 16:47:14]. Disponível na Internet: