Batalha de Poitiers (1356)

Batalha decisiva da Guerra dos Cem Anos travada a 19 de setembro de 1356, num local perto de Poitiers, entre o exército de Eduardo, o Príncipe Negro, herdeiro do rei Eduardo III de Inglaterra, e o rei da França João II, que foi feito prisioneiro.
O Príncipe Negro foi nomeado, em 1355, tenente de Eduardo III em Bordéus na Gasconha. Daí partiu para o território francês e pilhou o campo em 1355 e 1356. No seu caminho de Bordéus para o Cotentin, através da região do Loire, procurando juntar-se às tropas de Godofredo de Harcour e Filipe de Navarra, foi perseguido pelo rei João. As tropas britânicas eram comandadas por Sir John Chandos e foram acompanhadas pelas tropas da Gasconha sob o comando de Jean de Grailly, num total de cerca de 7000 homens, enquanto que o exército francês teria 20 000 efetivos.
O primeiro contacto foi feito a 17 de setembro a este de Poitiers. No dia seguinte, um domingo, os ingleses tiveram a oportunidade de procurar um solo mais favorável encontrado perto de Nouaillé-Maupertuis, onde pretendiam repetir a estratégia utilizada na Batalha de Crécy, travada num terreno bastante semelhante, mas agora os franceses avançavam a pé. O rei Eduardo decidiu contra-atacar o imenso exército francês, mandando um grupo de cavaleiros para o flanco esquerdo do inimigo enquanto os archeiros e os porta-machados defendiam a frente. No momento crítico, quando os franceses constituíam uma massa confusa, ordenou o ataque dos seus cavaleiros e dos soldados da Gasconha. Como resultado foram feitos muitos prisioneiros incluindo o rei francês João II, que foi levado para Inglaterra. Foi pedido um resgate e o rei foi libertado com o Tratado de Paz de Brétigny, deixando reféns, para reunir o valor do seu resgate em França. Incapaz de o conseguir, voltou para o cativeiro em Inglaterra onde veio a falecer, deixando o seu filho, Carlos V, como regente da França.

Como referenciar: Batalha de Poitiers (1356) in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-11-20 17:48:12]. Disponível na Internet: