Benny McCarthy

Futebolista sul-africano, Benny McCarthy nasceu a 12 de novembro de 1977, na Cidade do Cabo.
McCarthy destacou-se muito jovem na formação sul-africana Seven Stars e foi contratado pelo Ajax de Amesterdão, a mais conceituada equipa holandesa de futebol. Logo na temporada de estreia, 1997/1998, ganhou o campeonato holandês, onde marcou nove golos em dezasseis jogos, assim como a Taça de Holanda. Na temporada seguinte repetiu o triunfo na taça holandesa.
Em 1999/2000, McCarthy foi transferido para o Celta de Vigo, de Espanha, onde se assumiu desde logo como titular, embora nas épocas seguintes tenha perdido o seu lugar na equipa. A meio da temporada 2001/2002 Benny McCarthy foi contratado pelo Futebol Clube do Porto, então treinado por José Mourinho. O jogador foi emprestado pelo Celta de Vigo, onde estava a ter uma temporada dececionante. O avançado sul-africano estreou-se com a camisola do clube portuense a 10 de fevereiro de 2002, num desafio em que o FC Porto recebeu e derrotou o Benfica por 3-2. McCarthy participou num total de onze jogos do campeonato, nos quais marcou doze golos.
Apesar de ter manifestado o desejo de continuar a representar o FC Porto, as suas boas prestações levaram a que o Celta de Vigo pedisse mais dinheiro pela sua transferência definitiva para o clube português. Assim, o jogador teve de voltar a alinhar no campeonato espanhol em representação do Celta de Vigo. Contudo, a época não correu como o esperado e Benny McCarthy só participou em catorze jogos, nos quais apontou dois golos.
Dado que o sul-africano estava determinado a sair do Celta de Vigo, o clube galego acabou por aceitar transferi-lo, em 2003-2004, para o FC Porto, onde McCarthy reencontrou o treinador José Mourinho.
McCarthy foi um jogador determinante numa das melhores temporadas do historial do FC Porto, onde conquistou o campeonato nacional e a Liga dos Campeões Europeus, a mais importante competição europeia de clubes. O avançado foi o melhor goleador do campeonato português com vinte golos e na Liga dos Campeões marcou quatro tentos. Conquistou ainda uma Supertaça de Portugal.
Na temporada seguinte o rendimento de McCarthy diminuiu, apenas marcou onze golos, e no início da época 2005/06 o jogador manifestou o desejo de ir jogar para a liga inglesa. Contrariado, permaneceu no FC Porto onde, contudo, não conseguiu voltar aos níveis atingidos em 2004.
Benny McCarthy tornou-se presença regular na seleção da África do Sul, apesar de por diversas vezes ter entrado em conflito com os selecionadores do seu país.
No início da época 2006/07, transferiu-se para o clube inglês Blackburn Rovers.
Como referenciar: Benny McCarthy in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-08-19 17:48:15]. Disponível na Internet: