Beno Gutenberg

Sismólogo alemão, nasceu a 4 de junho de 1889, em Darmstadt, e morreu a 25 de janeiro de 1960, vítima de pneumonia. Escolhida a área de Geofísica, juntou-se à equipa do Geophysical Institute, recentemente criado por Emil Wiechert, e completou os estudos superiores na Universidade de Göttingen. Depois de obtida a licenciatura, direcionou a sua atenção e os seus estudos para o interior da Terra, baseando-se nos materiais pesquisados e recolhidos por Wiechert. Em 1913 atribuiu, através da análise da alteração da propagação das ondas sísmicas, a já então descoberta zona de sombra, existente a uma profundidade de 2900 quilómetros, a uma descontinuidade que assinala a fronteira entre o núcleo e o manto terrestres. Àquele limite dar-se-ia o nome de Descontinuidade de Gutenberg.
Serviu, durante a Grande Guerra, o Serviço Meteorológico do exército alemão; no entanto, devido ao seu baixo salário teve que se empregar numa fábrica. Durante este tempo foi publicando e participando em diversos trabalhos sobre geofísica, sendo Handbuch der Geophysik, editado em vários volumes, um dos mais conhecidos. Em 1930 entrou para o Laboratório de Sismologia do Carnegie Institution of Washington, ao mesmo tempo que se tornava professor no California Institute of Technology. Quando o diretor do laboratório, H.O. Wood, adoeceu e foi forçado a deixar a direção, Gutenberg assumiu o cargo de diretor tornando aquele estabelecimento num notável centro de pesquisa e estudos avançados sobre sismos e sobre a estrutura da Terra, em geral. Com Charles Richter publicou, entre 1931 e 1939, uma série de trabalhos sob o título On Seismic Waves e, em 1941, o livro Seismicity of the Earth. Colaborou ainda, com Richter, no desenvolvimento e estabelecimento de uma escala de magnitude, com recurso à análise de ondas sísmicas de diferentes tipos.
Ao longo da sua vida, presidiu a muitos comités e sessões da International Union for Geodesy and Geophysics, foi presidente da Seismological Society of America e membro da Royal Society of New Zealand, e recebeu numerosos prémios pela sua carreira.
Como referenciar: Porto Editora – Beno Gutenberg na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-01-26 08:57:58]. Disponível em