binário (física e química)

Em química, um binário consiste num composto ou liga formado a partir de dois elementos.
Em física, mais especificamente no campo da mecânica, um binário designa um par de forças que atuam num corpo, sendo estas iguais em termos de intensidade e direção mas opostas em sentido, não atuando sobre a mesma linha de ação, isto é, paralelas.
As duas forças produzem um efeito rotativo, designado por momento do binário, que tende a produzir a rotação do corpo. Este momento pode ser calculado pelo produto do módulo das forças pela distância perpendicular entre elas e é o mesmo em cada eixo perpendicular ao plano das forças.
A expressão matemática que traduz o cálculo do momento do binário é: M = F x r, sendo M o momento do binário expresso em Newton por metro, F o módulo das forças expresso em Newton e r a distância perpendicular entre as forças, expressa em metros.
A força resultante que se produz no caso da existência de um binário é nula e como consequência o corpo não altera a sua posição, ou seja, não possui movimento de translação.
É também frequente definir-se o binário de estabilidade. Este é muito usado nos navios e pode definir-se como sendo o sistema de forças que tende a repor os navios na sua posição vertical. A força deste binário é o peso do navio e os seus pontos de aplicação são o centro de gravidade e o centro da carena (centro de gravidade da parte submersa).

Como referenciar: binário (física e química) in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-07 20:13:36]. Disponível na Internet: