Boídeos

Família de répteis, da ordem dos ofídios ou escamosos, constituída por cerca de setenta espécies. Vivem quase todas nas zonas tropicais, podendo habitar no solo, no subsolo ou na água. Neste grupo, a par de formas gigantes, com vários metros de comprimento, existem espécies que não chegam a atingir um metro de comprimento. É na família Boídeos que se encontram as espécies de maior tamanho e peso, como é o caso da anaconda-verde e da Boa constrictor.
Há autores que consideram a família dos Boídeos dividida em duas sub-famílias: a dos boídeos, vivíparos e sem dentes no pré-maxilar, e a dos petonídeos, normalmente ovíparos. Numerosas espécies desta família apresentam ainda vestígios dos membros posteriores o que os leva a considerar como as espécies mais antigas próximas de um ancestral com patas.
Os grandes ofídios atuais são todos boídeos arborícolas ou terrestres. Os boídeos são em geral constrictores, isto é, esmagam as presas envolvendo-se em torno do corpo até as asfixiarem. As espécies da família Boídeos não são venenosas e têm, por vezes, dois pulmões bem desenvolvidos. Alimentam-se de cervídeos, ratos e outros pequenos mamíferos.
Como referenciar: Boídeos in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-07-16 08:55:18]. Disponível na Internet: