Boris Vian

Escritor francês e músico de jazz, nascido em 1920 e falecido em 1959, envolveu-se no submundo "existencialista" de Saint-Germain-des-Prés. O seu primeiro romance, J'irai cracher sur vos tombes (Irei cuspir-vos nos túmulos, 1946), obteve um sucesso considerável mercê do escândalo que o envolveu. Do seu poema Le Déserteur compôs uma canção que veio a ser interdita durante a guerra da Argélia. Os seus romances são caracterizados pela criatividade de linguagem e pela assunção do poder absoluto do amor sobre o egoísmo e a alienação da sociedade. L'Écume des jours (A Espuma dos Dias, 1947) e L'Arrache-Cœur (O Arranca Corações, 1953) contam-se entre os seus romances mais conhecidos.
Como referenciar: Boris Vian in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-11-18 21:14:16]. Disponível na Internet: