Bruce Sterling

Escritor, jornalista, editor e crítico norte-americano, Michael Bruce Sterling nasceu a 14 de abril de 1954, em Brownsville, no Texas.
A família mudou-se para Austin e, posteriormente, para Galveston, onde Bruce Sterling realizou os seus estudos secundários. A partir dos 15 anos, iniciou uma série de viagens no estrangeiro, com a família. Em 1972, regressou a Austin e começou os estudos universitários na Universidade do Texas, concluindo, em 1976, o curso de Jornalismo. Em 1979, casou com Jasmina Tesanovix, uma sérvia, escritora e produtora de filmes, e trabalhou como leitor de provas. Em 2003, foi nomeado professor para a European Graduate School para lecionar Média e Design, durante os cursos intensivos de verão.
Quanto à sua carreira literária, começou a escrever com 12 anos, envolvendo-se com um grupo de fans e escritores de ficção científica, chamado Turkey City Writer's Workshop (Workshop de Escritores da Cidade do Peru). Publicou o seu primeiro livro, Involution Ocean, em 1977, tendo sido considerado um pastiche de ficção científica da obra Moby-Dick de Herman Melville. Nos anos seguintes, escreveu um conjunto de várias histórias de ficção científica, intitulado Shaper/Mechanist. Em 1980, publicou The Artificial Kid e, mais tarde, os folhetins Cheap Truth, sob o pseudónimo de Vincent Omniaveritas. Bruce Sterling tornou-se, juntamente com William Gibson, John Shirley e Rudy Rucker, uma das figuras mais marcantes do movimento ciberpunk, sendo referido por muitos como o "Presidente Bruce". Em 1986, publicou a antologia de ficção científica ciberpunk, Mirrorshades (Reflexos do Futuro, 1988), vista como uma das obras principais do género. Bruce Sterling participa em dois projetos - The Dead Media Project e The Viridian Design Movement.
Publicou ainda diversos livros dos quais se menciona The Difference Engine (1990), The Hacker Crackdown (1992), Heavy Weather (1994), Holy Fire (1996), Distraction (1998), A Good Old-Fashioned Future (1999), Zeitgeist (2000), The Zenith Angle (2004), entre outros. Sterling editou também contos em várias revistas, como a Omni, Isaax Asimov's Science Fiction Magazine e Europe's Interzone. Escreve, como colunista, para as revistas Science Fiction Eye e The Magazine of Fantasy and Science Fiction.
Como referenciar: Porto Editora – Bruce Sterling na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-01-29 08:13:41]. Disponível em