Bruce Willis

Ator norte-americano, Walter Bruce Willis nasceu a 19 de março de 1955, em Idar-Oberstein, na Alemanha. Concluiu o liceu, onde foi presidente da associação de estudantes, em New Jersey, nos Estados Unidos da América, antes de se mudar para Nova Iorque à procura de oportunidades no mundo do cinema. Trabalhou em restaurantes e em bares, até começar a desempenhar pequenos papéis em filmes e séries de TV, nomeadamente num episódio de Miami Vice (1984) e de The Twilight Zone (A Quinta Dimensão, 1985). Contudo, foi com a afamada e divertida série de televisão Moonlighting (Modelo e Detetive, 1985) que Willis se tornou uma estrela, ao desempenhar o papel de um detetive privado ao lado de Cybill Shepherd, tendo sido galardoado com um Emmy.
Da televisão depressa saltou para o cinema. Ator versátil, mostrou estar à altura de um Stallone em filmes de ação como Die Hard (Assalto ao Arranha-Céus, 1988), onde o papel de um polícia solitário mas duro lhe assentou como uma luva, e que, acabando por ser um grande sucesso, teve inevitavelmente uma sequela com Die Hard 2 (Assalto ao Aeroporto, 1990) e Die Hard With a Vengeance, (Die Hard: A Vingança,1995). Em 1989 e 1990, participou, respetivamente, nas comédias Look Who's Talking (Olha Quem Fala) e Look Who's Talking Too (Olha Quem Fala Também), que foram igualmente grandes êxitos de bilheteira e em que deu a voz ao divertido bebé. Em 1991, no thriller Mortal Thoughts (Pensamentos Mortais), contracenou ao lado de Demi Moore, com quem casara em 1987, e de quem se viria a separar em 1998. O casal teve três filhos.
De entre os muitos filmes em que este ator deu mostras de ser um exímio comediante ou um duro invencível, mas não só, destacam-se Death Becomes Her (A Morte Fica-lhes Tão Bem, 1992), uma comédia negra que conta também com Meryl Streep, Pulp Fiction (1994), de Quentin Tarantino, em que Bruce Willis encarnou um pugilista e namorado de Maria de Medeiros, Nobody's Fool (Vidas Simples, 1994), um drama com Paul Newman, filmes de ficção científica como Twelve Monkeys (Os Doze Macacos, 1995), que conta com a participação de Brad Pitt, e The Fifth Element (O Quinto Elemento, 1997), do realizador francês Luc Besson; filmes de ação, como The Jackal (O Chacal, 1997), ao lado de Richard Gere, The Siege (Estado de Sítio, 1998) e Armageddon, também de 1998; o thriller The Sixth Sense (O Sexto Sentido, 1999), em que o ator veste a pele de um psicólogo que procura curar um rapazinho que "vê" os espíritos dos mortos, a comédia romântica The Story of Us (Uma Vida a Dois, 1999), onde contracenou com Michelle Pfeiffer. Seguidamente, participou em The Whole Nine Yards (Falsas Aparências, 2000), no thriller Unbreakable (O Protegido, 2000), na comédia da Disney The Kid (Nunca é Tarde, 2000), em Bandits (Bandidos, 2001) de Barry Levinson e Tears of The Sun (Operação Especial, 2003), ao lado de Monica Bellucci.
Como referenciar: Bruce Willis in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-10-24 19:25:36]. Disponível na Internet: