Cactáceas

Família de dicotiledóneas que se distribui por cerca de 90 géneros e cerca de 1400 espécies. São plantas xeromórficas arborescentes ou arbustivas, mais ou menos suculentas, geralmente espinhosas, de consistência rígida, mas não estruturalmente lenhosas.
As Cactáceas (Cactaceae) são, na sua maioria, oriundas da América e apenas um género proveniente de África. Na Península Ibérica encontram-se várias espécies arbustivas, de que a mais conhecida é a Opuntia maxima, conhecida por figueira-da-Índia.
É interessante o facto de esta família apresentar, de maneira curiosa, diferentes tipos morfológicos de caule. O caule é, geralmente, suculento e ramificado. As ramificações podem ter forma cilíndrica, cónica, globosa ou espalmada. São ramificações longas, com ou sem folhas, ou curtas, produzindo um espinho ou um aglomerado de espinhos.
Em geral, as folhas das Cactáceas são rudimentares e estão, quase sempre, transformadas em espinhos. São folhas simples, inteiras e alternas. Não possuem estípulas.
As flores são hermafroditas, actinomorfas. O perianto petaloide é constituído por numerosas tépalas, normalmente, livres.
Têm estames numerosos, com anteras deiscentes por uma fenda longitudinal. Os carpelos, normalmente em número de três, encontram-se soldados. O ovário é quase sempre ínfero, unilocular e com numerosos óvulos.
O fruto é carnudo - baga -, com numerosas sementes e frequentemente revestido de escamas.
Muitas Cactáceas, como, por exemplo, as pertencentes aos géneros Opuntia, Cereus, Hylocereus e Schlumbergera, são apreciadas como plantas ornamentais. Noutros exemplares desta família, como em várias espécies de Opuntia, os frutos são comestíveis.
Como referenciar: Cactáceas in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-10-30 19:49:18]. Disponível na Internet: