Artigos de apoio

cafeeiro
Designação vulgar de plantas do género Coffea da família das Rubiáceas.
O cafeeiro ou cafezeiro é originário dos planaltos elevados da Abissínia e encontra-se distribuído por África, pelo Quénia e pelo Brasil. É podado em arbustos com cerca de cinco metros de altura. Entre as espécies mais importantes encontram-se as seguintes:
A espécie Coffea arabica, conhecida por cafeeiro-arábica, é uma planta arbustiva ou uma pequena árvore de folhas persistentes, opostas, oblongo-elípticas, acuminadas inteiras, por vezes onduladas, glabras e com estípulas pequenas, persistentes. As flores são bracteadas, dispostas em fascículos auxiliares de quatro. A corola é tubulosa-assalveada, branca ou ligeiramente rosada. Os estames são em número de cinco. O ovário é ínfero. O fruto é uma pseudo-drupa com cerca de um centímetro e meio de comprimento, de cor vermelha ou amarela, tornando-se com a maturação castanho-anegrado, em geral com duas sementes. No café moca, o fruto só tem uma semente com uma fenda longitudinal profunda.
A espécie Coffea canephora, conhecida como cafeeiro-robusta, difere da espécie anterior por ser um arbusto ou pequena árvore, geralmente multicaule, com folhas marcadamente elípticas, onduladas mais ou menos atenuadas nas extremidades. As flores agrupam-se em fascículos de seis, desenvolvendo-se em geral duas ou quatro. O limbo da corola apresenta-se com cinco a sete lobos. Os estames são isómeros. O fruto mede cerca de doze milímetros de comprimento e é vermelho. Esta espécie é espontânea desde a África Ocidental até ao Uganda.
A espécie Coffea liberica, conhecida por cafeeiro-libérica, é uma pequena árvore, de folhas coriáceas, grandes, elíptico-oblongadas ou elíptico-ovadas, acuminadas. As flores agrupam-se em fascículos de uma a quatro flores. O limbo da corola tem seis a onze lobos. Os estames são isómeros. O fruto tem um comprimento compreendido entre os dois e três centímetros. A espécie é originária da África tropical.
A espécie Coffea racemosa, conhecida por cafeeiro-racemosa ou cafeeiro-de-inhambane, distingue-se por ser um arbusto ou pequena árvore muito ramosa. As folhas são ovado-lanceoladas. As flores, axilares, são solitárias. O limbo da corola possui seis ou nove segmentos. Os estames são isómeros. O fruto subglaboso é vermelho. As sementes são mais pequenas e muito desiguais. É originária da África tropical oriental.
Os frutos do café, drupas carnudas, colhem-se maduros, quando se tornam vermelhos, sendo descorticados e secos.
A torrefação surgiu na Arábia cerca de 1550 e o café foi introduzido na Europa no século XVII. As sementes contêm cerca de 1,5 a 2,5 por cento de um alcaloide, a cafeína, muito utilizado devido às suas propriedades estimulantes.
Como referenciar: cafeeiro in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2017. [consult. 2017-10-16 22:51:51]. Disponível na Internet: