calau

Designação de aves africanas e asiáticas da família dos Bucerotídeos. O calau-terrícola (Bucorvus leadbeateri) é o maior de todos os calaus com um comprimento total de 107 centímetros, com uma asa com o comprimento de 509 a 595 milímetros. A cor da sua plumagem é negra. Patas curtas e grossas. Face e garganta de cor vermelha brilhante. Durante a maior parte do tempo caminha e esquadrinha o solo embora descanse nas árvores. São animais sociáveis que vivem em grupo de, no máximo, oito indivíduos que defendem e compartilham o mesmo território. Alimentam-se de pequenos animais que incluem insetos, serpentes pequenas tartarugas e roedores. Na época do acasalamento fazem o ninho num buraco de uma árvore, por vezes a mais de trinta metros de altura, onde a fêmea se introduz fechando depois a abertura com dejeções e barro, deixando apenas uma pequena abertura pela qual o macho lhe passa alimento. Nesta altura a fêmea inicia uma muda durante a qual renova as retrizes e remiges. A postura pode ir até cinco ovos e a incubação dura cerca de cinquenta dias. No fim da incubação o macho leva à fêmea cascas, sementes, frutos e flores. A fêmea só abandona os filhos depois destes se encontrarem em condições de sobrevivência.
Como referenciar: Porto Editora – calau na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-09-28 03:41:13]. Disponível em