Calcutá

Cidade capital do estado de Bengala, localizada no leste da Índia. É a terceira maior cidade do país, com uma população estimada em cerca de 4 852 800 habitantes (2004), integrada numa área metropolitana que abrange cerca de 591 km2.Alguns subúrbios de Calcutá albergam mais de 100 000 pessoas, como Bhatpara, Kamarhati, Panihati, entre outros.
Calcutá fica situada nas margens do rio Hugli, que nasce em Santipur, um pouco a norte da cidade, como resultado da junção dos rios Bhagirathi e Jalangi, e que desagua na baía de Bengala.
Este território foi descoberto em 1690 pela Companhia Britânica da Índia Oriental. Em 1756, o Siraj-ud-Daula conquistou Calcutá, assassinando grande parte da guarnição militar. Este feito foi conseguido através da prisão destes homens, durante a noite, numa sala pequena e sufocante, que ficou conhecida como "Buraco Negro".
As tropas comandadas por Robert Clive reconquistaram a cidade em 1757, tornando-se Calcutá a capital da Índia britânica. Nesta época, vários comerciantes e trabalhadores emigraram de toda a Índia para a cidade, o que proporcionou um grande desenvolvimento, tendo-se construído palácios e mansões.
Em 1912, Calcutá perdeu a sua posição de capital colonial para Nova Deli e muitos dos seus recursos comerciais cessaram quando terminaram as Regras Britânicas na Índia, em 1947. Nesta altura, deu-se um intenso fluxo de imigrantes para a cidade.
Novamente em 1971, aquando da Guerra do Bangladesh, a cidade voltou a receber uma grande quantidade de imigrantes, principalmente refugiados.
A cidade é por tal conhecida como sendo densamente povoada, com os inerentes problemas de habitação para tão grande número de pessoas, que vivem em bairros abarracados (bustees).
Calcutá é o maior porto marítimo e um centro industrial importante na Índia Oriental, nomeadamente a nível das indústrias têxtil, química, de papel e de produtos metálicos. Contudo, coexiste muita pobreza, provocada pelo elevado desemprego, por problemas sociais e por uma rede de transportes inadequada.
A nível da morfologia, predomina a arquitetura ocidental, nomeadamente no centro antigo, de características europeias.
Na cidade situam-se a Universidade de Calcutá, fundada em 1857, vários colégios, o Museu Indiano, no qual existe uma das maiores coleções de história natural, e o Templo Kali, construído no local de uma tradicional peregrinação hindu.
A secção mais atrativa da cidade é Maidan, onde existe um parque enorme, localizado na frente marginal do rio Hugli.
Como referenciar: Porto Editora – Calcutá na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-01-28 08:24:20]. Disponível em