Calderón de la Barca

Dramaturgo e poeta espanhol nascido em 1600, em Madrid, e falecido em 1681, na mesma cidade. É um dos mais ilustres representantes da Idade de Ouro da literatura espanhola, após a morte de Lope de Vega. As suas obras mais conhecidas são El médico de su honra (1635), La vida es sueño (1635), El alcalde de Zalamea (1640) e La hija del aire (1653), considerada por muitos a sua obra-prima. Escreveu também óperas e peças subordinadas a temas mitológicos e religiosos. Destaca-se a sua peça El Gran Teatro del Mundo (O Grande Teatro do Mundo, 1675).
Como referenciar: Calderón de la Barca in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-10-01 02:29:33]. Disponível na Internet: