camedórea

Designação vulgar de plantas do género Chamaedorea da família das Arecáceas, que se distribui por cerca de 110 espécies nativas na América tropical.
A espécie Chamaedorea pochutlensis é uma palmeira, originária do México, que pode atingir cerca de quatro metros de altura, muito cultivada em jardins e utilizada como planta ornamental de interiores. Os seus caules são espiques cilíndricos e delgados, que se tornam verdes depois de serem revestidos pelas folhas.
As folhas são persistentes, pinuladas, com limbo que pode atingir 1,30 metros de comprimento. A bainha tem cerca de 35 centímetros.
A Chamaedorea pochutlensis é uma espécie dioica, pelo que se encontram exemplares com flores femininas e outros exemplares com flores masculinas. As flores são unissexuais e formam espadices, inseridas acima ou abaixo das folhas. As inflorescências masculinas são formadas por flores com três sépalas, ligeiramente unidas na base, três pétalas, também ligeiramente fundidas na base, e seis estames. O pedúnculo é roliço, com 10 a 20 centímetros de comprimento e cinco espatas desiguais. As inflorescências femininas possuem ramificações alaranjadas ou avermelhadas no fruto. São formadas por flores com três sépalas e três pétalas livres. O gineceu é trilocular, com um óvulo por lóculo. Os frutos são drupas globosas.
Como referenciar: camedórea in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-09-21 22:48:10]. Disponível na Internet: