Camille Claudel

Escultora francesa nascida em 1864 e falecida em 1943. Irmã mais velha do escritor Paul Claudel, aos dezassete anos decidiu que queria ser escultora, apesar da oposição familiar e do que essa opção tinha de pouco comum, quer dizer, escandaloso. Em 1883 encontra Rodin que a aceita como aluna e, mais tarde, amante. A relação violenta e apaixonada entre ambos havia de levar Camille Claudel ao esgotamento total. Internada num asilo para doentes mentais durante trinta anos, a escultora deixou uma obra considerável com uma capacidade expressiva invulgar e originalidade visionária.
De entre as suas obras pode-se destacar: Chien rongeant un os; La valse; L'implorante (le dieu envolé).
Como referenciar: Camille Claudel in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-05-24 14:16:35]. Disponível na Internet: