Cancioneiro

Coleção de poesias de João de Lemos, dividida em três volumes, "Flores e Amores", "Religião e Pátria" e "Impressões e Recordações", que reúne, como o autor explica no prefácio, várias composições dispersas por periódicos literários como a Revista Universal Lisbonense ou O Trovador. O primeiro volume contém as composições de temática amorosa e ultrarromântica (incluindo a "Invocação" ao arcanjo da poesia que abriu O Trovador); o segundo acolhe os "versos políticos"; o terceiro, distanciado quase uma década dos anteriores, colige, como afirma o autor, "alguns de (seus( primeiros versos publicados" e "outros, que talvez ficassem melhor noutra parte, ou só agora (deu( com eles, ou foram feitos depois". Aqui se encontram algumas das composições mais famosas de João de Lemos, como a célebre "Lua de Londres", "O sino da minha terra", "Eu vivo só do passado" e "Na morte do proscrito", dedicado a D. Miguel.
Como referenciar: Cancioneiro in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-07-06 07:34:46]. Disponível na Internet: