Artigos de apoio

Candice Bergen
Atriz norte-americana, Candice Patricia Bergen nasceu a 9 de maio de 1946 em Beverly Hills, na Califórnia, filha de um famoso comediante e ventriloquista americano, Edgar Bergen, e da modelo Frances Westerman Bergen. Começou a aparecer em palco em criança, nos espetáculos do pai, como a "irmã" do boneco mais famoso da América, a que o seu pai dava voz e vida. Na adolescência, trabalhou como modelo e, mais tarde, ingressou na Universidade da Pensilvânia, onde frequentou o curso de História da Arte, embora tenha desistido da faculdade em 1965. Candice gostava de estar presente em todos os eventos sociais do meio privilegiado em que crescera e se movimentava. Assim, naturalmente, começa uma carreira de atriz, participando em filmes como The Group (1966) de Sidney Lumet, The Sand Pebbles (Yang-Tsé Em Chamas, 1966), de Robert Wise, onde contracena com Steve McQueen, e Vivre pour Vivre (Viver Para Viver, 1967), de Claude Lelouch. No entanto, e apesar dos grandes nomes associados a estas películas, o seu talento não estava ainda totalmente reconhecido, embora tivesse continyado a atuar em filmes como Soldier Blue (O Soldado Azul, 1970), de Ralph Nelson, e Carnal Knowledge (Iniciação Carnal, 1971), de Mike Nichols, ao lado de Jack Nicholson e Art Garfunkel. O talento da atriz para a comédia foi finalmente reconhecido ao ser nomeada para o Óscar de Melhor Atriz Secundária pelo seu desempenho no filme Starting Over, 1979, de Alan J. Pakula, ao lado de Burt Reynolds. Ao longo da sua carreira, para além de comédias, participou em filmes de diversos géneros como westerns - um exemplo é Bite the Bullet (1975), de Richard Brooks, com Gene Hackman -, filmes de aventuras como The Wind and the Lion (1975), em que representa o papel de uma mulher que é raptada em Marrocos por uma tribo de Berberes, e em que contracena ao lado de Sean Connery, e dramas filmados por nomes como George Cukor - Rich and Famous (Célebres e Ricas,1981), que conta também com a participação de Jacqueline Bisset e de Meg Ryan ainda em início de carreira, ou Gandhi (1982) de Richard Attenborough. É, no entanto, com a série cómica de TV Murphy Brown (1988-1998), em que Candice veste a pele de uma jornalista que fez rir meio mundo, que a atriz se torna mundialmente famosa, tendo recebido quatro Emmys pelo seu brilhante desempenho. No ano 2000, foi convidada para apresentar um talk show, mas não deixou de filmar, contracenando com Gwyneth Paltrow na comédia View From the Top (Altos Voos,2003). Candice Bergen, para além de atriz, é uma fotojornalista de sucesso, tendo contribuído ao longo de mais de 25 anos com artigos e fotografias para inúmeras revistas. Em 1980, casou com o aclamado realizador francês Louis Malle, que faleceu em 1995, aos 66 anos. Em junho de 2000 voltou a casar, desta feita com um negociante de imóveis. A atriz publicou a sua autobiografia, Knock Wood, em 1984.
Como referenciar: Candice Bergen in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2017. [consult. 2017-11-21 08:03:41]. Disponível na Internet: