Cantiga de seguir

Tipo de composição poética cultivada pelos trovadores galego-portugueses e definida, no capítulo IX da "Arte de Trovar" incluída no Cancioneiro da Biblioteca Nacional. De acordo com o autor anónimo, a cantiga de seguir consistia numa espécie de imitação ou paródia de uma cantiga alheia, efetuada de três modos distintos: por apropriação da música; por reprodução de versos, rimas e estrutura métrica do texto preexistente; ou por utilização das mesmas palavras da composição imitada, mas com outro significado. São três os exemplos de cantigas de seguir especificamente classificadas como tal nos cancioneiros: as duas cantigas de Johan de Gaia, Vosso pay na rua e Eu convidey hun prelado a jantar, se ben me venha e a cantiga de Lopo Liáns Quen oj'ouvesse.
Como referenciar: Porto Editora – Cantiga de seguir na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-10-26 20:28:31]. Disponível em