Capela de N. Sra. do Monte

Monumento da cidade de Santarém classificado como Imóvel de Interesse Público, a Capela de N. Sra. do Monte localizava-se fora das muralhas escalabitanas, nos terrenos do Hospital de S. Lázaro. A primitiva capela foi obra erigida no reinado de D. Afonso II e servia como templo da Gafaria de S. Lázaro. No entanto, esta capela do século XIII sofreu uma profunda remodelação no século XVI, reforma instituída pelo provedor do Hospital de S. Lázaro, D. Aires Lopes Sequeira.
O exterior é marcado, no lado sul e nascente, por extensa galilé formada por arcadas apoiadas em dezanove colunas, com arcaizantes capitéis decorados por volutas e acantos, inserindo-se nos ábacos pequenas cabeças de anjos alados. A fachada norte é marcada por nicho constituído por arco gomada, assente em pequenas colunas capitelizadas, contendo a imagem da Virgem, escultura de pedra atribuída ao século XVI.
No interior, o corpo é formado por uma só nave, cujas paredes se apresentam forradas por silhares de azulejos-padrão seiscentistas. Sobre a nave desenvolve-se o coro, assente em colunas com capitéis da ordem jónica. Próximo da escada de acesso está uma quatrocentista pia de água benta. O arco triunfal desenha-se em ogiva, filiando-se na mesma linguagem goticizante as abóbadas de aresta viva que cobrem a capela-mor e que arrancam de facetadas mísulas parietais.
A pequena capela possui algumas esculturas de valor, com enfoque particular para duas de madeira policroma, obras seiscentistas mostrando N. Sra. da Piedade e a Virgem com o Menino.
Na parede situada do lado da Epístola encontra-se uma tábua maneirista com o tema da Anunciação, pintura datada do último terço do século XVI.
Como referenciar: Capela de N. Sra. do Monte in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-10-18 23:19:05]. Disponível na Internet: