Carl L. Biemiller

Escritor infanto-juvenil norte-americano, Carl Ludwig Biemiller nasceu a 16 de dezembro de 1912, em Camden, no estado da Nove Jérsia. Filho de um tipógrafo e de uma cabeleireira, cresceu num ambiente conservador e de inspiração religiosa presbiterana.
Após ter concluído os seus estudos secundários, ingressou na Escola de Publicidade e Jornalismo Charles Morris Price, de onde se diplomou. Passou então a trabalhar como coordenador de promoção para o periódico Philadelphia Record, posição que ocupou entre 1935 e 1937. Foi depois contratado pelo Courrier Post da sua terra natal como assistente de publicação.
No ano de 1942 começou a desempenhar as funções de escritor de discursos para a Associação Nacional de Fabricantes de Nova Iorque, onde permaneceu até 1945, altura em que passou a editor executivo da revista Holiday, em Filadélfia. Foi galardoado com um prémio atribuído pelo Clube de Imprensa de Atlantic City, em reconhecimento por um artigo escrito para aquela publicação. Colaborou também a título regular com o diário Philadelphia Daily News, como assistente do editor, entre 1957 e 1958. Em 1967 iniciou um período em que foi escritor de Relações Públicas ao serviço de uma empresa nova-iorquina e, em 1971, foi nomeado diretor do Departamento de Relações Públicas do Município de Atlantic City.
Biemiller começou por publicar as suas aventuras destinadas aos leitores mais jovens na década de 50, a princípio sob a forma de séries na revista Jack and Jill. Mas a popularidade que obtiveram logo fez com que passassem a ser reunidas no formato de livro.
Assim, em 1953, surgiu The Magic Ball From Mars, a que se seguiram Starboy (1956) e Any Friend Of Owney's (1966). A partir da década de 70 começaram a ser publicadas as famosas aventuras dos 'Hydronauts', inauguradas com o volume The Hydronauts (1970), e que foram sendo continuadas com títulos como The Hydronauts Meet The Otter People (1973), até altura da morte do seu autor.
Biemiller faleceu a 28 de setembro de 1979 em Monmouth Beach, no estado da Nova Jérsia, vítima de uma apoplexia.
Foi investido cavaleiro pelo governo italiano em homenagem prestada aos artigos que escreveu sobre Itália.
Como referenciar: Carl L. Biemiller in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-07-10 23:47:48]. Disponível na Internet: