Carlos Ruiz Zafón

Escritor espanhol, nascido em 1964, em Barcelona, Carlos Ruiz Zafón atingiu a consagração com a obra La Sombra del Viento (A Sombra do Vento), um best-seller internacional.
Com apenas catorze anos escreveu o seu primeiro romance, uma história de 500 páginas que, contudo, nunca viria a ser publicada.
Zafón, antes de se dedicar por inteiro à literatura, trabalhou na área da publicidade, onde se iniciou aos dezanove. Entretanto, deixou a Espanha e foi viver para Los Angeles, nos Estados Unidos da América, onde se dedicou à carreira de escritor e, também, à de argumentista cinematográfico. O seu romance de estreia, dedicado aos jovens e intitulado El Príncipe de la Niebla, lançado em 1993 em Espanha, ganhou nesse ano o prémio de literatura Edebé. Conheceu também um grande sucesso comercial ao vender cerca de 150 mil exemplares.
Seguiram-se, no âmbito da literatura juvenil, as obras El Palacio de la Medianoche (1994), Las Luces de Septiembre (1995) e Marina (1999).
No ano 2000, Carlos Ruiz Zafón concluiu o seu primeiro romance para adultos, A Sombra do Vento, que viria a ser finalista do Prémio Fernando Lara de Novela, em Espanha. O romance foi editado no ano seguinte e tornou-se num grande sucesso de crítica e comercial, ultrapassando as cinquenta edições. Em 2004 esta obra ganhou o Prémio Planeta, um dos mais prestigiados galardões literários de Espanha, e foi publicada em mais de cinquenta países, incluindo Portugal, Alemanha, Estados Unidos da América, França, Itália e Reino Unido. Foi também vencedora do Prémio Correntes d'Escritas, editado na Póvoa do Varzim, em Portugal, em fevereiro de 2006.
Carlos Ruiz Zafón tornou-se entretanto, e paralelamente à carreira de escritor, cronista regular em jornais espanhóis como La Vanguardia e El País.
Como referenciar: Carlos Ruiz Zafón in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-08 05:59:20]. Disponível na Internet: