Castela e Leão

Comunidade Autónoma da Espanha Central, Castela e Leão (Castilla y León, em espanhol) tem a sua capital na cidade de Valhadolid (ou Valladolid, em espanhol). É constituída pelas seguintes províncias: Ávila, Burgos, Leão, Palencia, Salamanca, Zamora, Segóvia, Sória, Valhadolid e Zamora. Faz fronteira com as seguintes Comunidades Autónomas: Astúrias e Cantábria a norte, País Basco a nordeste, Rioja e Aragão a este, Castilla La-Mancha e Madrid a sudeste, Estremadura a sul, Galiza a oeste; também Portugal a limita a oeste.
Tem uma superfície de 94 233 km2. A sua população absoluta é de 2 480 369 habitantes, o que equivale a 5,9% da população total de Espanha, tendo uma densidade populacional de 26,32 habitantes por km2 (dados do Instituto Nacional de Estatística espanhol, 2006).
Esta comunidade ocupa uma grande parte da sub meseta setentrional, o planalto de Castela a Velha, tendo como limite norte os Montes Cantábricos. É atravessada pelo rio Douro e tem um clima temperado continental. Foi o rei Fernando I que em 1037 reuniu Castela e Leão sob uma única coroa, facto que só foi consolidado no princípio do século XIII. Este reino foi uma força dinamizadora da Reconquista.
Nas cidades de Castela e Leão podem ser vistos tesouros artísticos e arquitetónicos, exemplares que são a memória de uma riqueza proveniente do comércio da lã.
Entre as suas principais cidades destacam-se: Burgos com a sua catedral gótica; Leão com os vitrais da famosa catedral; Salamanca com a mais antiga Universidade da Península; Segóvia com o aqueduto que é considerado a maior estrutura romana de Espanha e o castelo de Alcázer e Ávila, com uma muralha ininterrupta construída pelos cristãos na luta contra os mouros.
Esta região, para além de conter metade do património monumental de Espanha, é a única região europeia com sete bens considerados Património da Humanidade.
Como referenciar: Castela e Leão in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-09-22 02:28:10]. Disponível na Internet: