Cebídeos

Família de mamíferos da subordem dos símios e da ordem dos primatas. São macacos de tamanho médio ou grande, com cauda geralmente bem desenvolvida e, em algumas espécies, preênsil. Têm três molares em cada semimaxila e estão distribuídos por 12 géneros e 37 espécies. Entre os cebídeos, há uma espécie singular, o macaco-noturno Aotes trivirgatus, único verdadeiro símico de hábitos noturnos existente na Terra. Os macacos-noturnos vivem em grupos familiares que ocupam territórios relativamente pequenos. Durante o dia, dormem juntos em concavidades das árvores, enrolados, parecendo bolas de pelúcia. Permanecem ativos durante toda a noite, sendo mais ativos a seguir ao pôr do sol e antes do nascer-do-sol. Alimentam-se de insetos e pássaros que são mortos com uma mordedura na cabeça. Habitam normalmente em áreas selvagens de bosque baixo, da América do Sul. De entre todos os macacos americanos (Novo Mundo) os mais estudados são os macacos uivadores (Alouratta palliata) que foram estudados ininterruptamente durante cerca de 30 anos.
São os símios mais corpulentos do Novo Mundo, pesando os adultos entre 7 e 9 quilogramas. Têm o pelo áspero. O polegar da mão não é oponível, pelo que seguram os objetos entre os dedos médio e indicador.
O primeiro dedo do pé é oponível, o que facilita a deslocação arborícola. Os macacos uivadores têm cauda. Os macacos-aranha são também cebídeos que podem atingir o peso de 6 quilogramas. São estritamente arborícolas e fundamentalmente frugívoros.
Vivem em grupos de dez a trinta e cinco indivíduos que defendem um determinado território.
Todos os cebídeos têm 36 dentes, enquanto que os símios do Velho Mundo (África) têm 32 dentes como os humanos. Todos têm dedos com unhas e não garras.
Como referenciar: Cebídeos in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-07-06 05:54:29]. Disponível na Internet: