cebola

Designação vulgar de plantas herbáceas do género Allium e da família das Liliáceas.
A cebola, espécie Allium cepa, é uma planta vivaz, com um bolbo volumoso, entunicado, solitário e de tamanho e forma variáveis. Na base do bolbo encontra-se o caule, muito curto e em forma de disco.
As folhas em geral são ocas, sub-roliças e nuas. As flores são hermafroditas e dispõem-se numa umbela simples, terminal, que é provida de uma espata involucral com seis tépalas esverdeadas ou esbranquiçadas. A nervura dorsal é verde e apresenta seis estames salientes, os internos apresentam filetes longos providos de um dente de cada lado. O ovário é súpero trilocular.
O fruto é uma cápsula membranácea, com sementes negras.
É originária do Turquestão e muito cultivada em todo o mundo devido ao seu enorme uso em culinária.
Os cultivares mais importantes em Portugal são a cebola do Almargem ou saloia com bolbos esféricos ou achatados, de cor amarelo-avermelhada e grande poder de conservação; a cebola de Setúbal, de bolbos grandes e amarelos, que amadurece muito cedo, mas com boa conservação; a cebola redonda da madeira, com bolbos de grande volume, de cor avermelhada e sabor açucarado; a cebola valenciana, de bolbos grandes mais ou menos esféricos, de cor amarelo-avermelhada e de sabor muito agradável e boa conservação.
Além dos bolbos que são utilizados como condimento também se podem utilizar as folhas verdes de plantas novas.
Entre as numerosas espécies do género Allium, a cebola é, sem dúvida a cultivada há mais tempo. Derivando de cebolas silvestres do Turquestão, já era cultivada na Caldeia há quatro mil anos.
Como referenciar: cebola in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-07-06 07:25:38]. Disponível na Internet: